Tag Archives: * Jogos

Dica pro inverno… POKER!

28 Jun

Então gurias, tudo sussu?!

Comigo tudo belezinha!

Então vim dar uma diquinha óóótima prá esse frio de renguiá cusco que tá fazendo aqui no Sul, tchê!

Pois é, só que a minha dica de hoje não é de roupa, acessório, chazinho prá gripe, nem fondue, nem nada disso!

Minha dica é de um passatempo, de um programa prá fazer entre amigos… Prá mim, nestas noites tipo Pólo Norte que tem feito aqui em Pelotas, a melhoooor programação é se reunir com uma galera, amigos, ou até mesmo só com a família, acender a lareira, molhar o bico com vinho branco suave e catar algum jogo legal prá passar o tempo!!! 😀

Ahhhh, eu adoro isso!

E nestes últimos finais de semana, tenho feito isso seguido.

Anota aí alguns dos jogos que eu tenho, jogo e principalmente super-hiper-mega recomendo:

♥ Imagem & Ação – aquele que a gente tira umas cartinhas e tem que desenhar ou fazer mimicas prás outras pessoas acertarem… procura aí no google ou nas lojas de brinquedo da tua city 😉

♥ Can Can ou Uno – jogo de cartas em que cada cartinha manda tu fazer uma ação… não sei explicar direito, mas é suuuper fácil, desde o priminhozinho pequeno até o vovô aprendem na hora e já saem jogando!

♥ Dama – esse jogo de tabuleiro eu adóóóro também… meu pai então, fica toodo todo ”serelépe pimpão’ quando eu trago o tabuleiro prá volta dele! 🙂

♥ e não podendo faltar… JOGO DE CARTAS!Tudo que é tipo de jogo de baralho, eu amo!

Ahhh esses eu amo! Eu jogo desde pif, rouba monte, mexe e remexe até poker.

Enfim chegamos onde eu queria, na minha dica de inverno…

Guriasss, como se joga POKER!!! 😀

Prá quem diz que esse jogo é de homens, ou para pessoas super-hiper-mega inteligentes e blá-blá-blá… tá  certo!

ahiuehiuhaiuhe é que eu sempre fui meio menino, já falei sobre isso antes, né, então belê!

E inteligência, vamos combinar, sou quase um gênio… então, poker é prá mim mesmo!

E quero que vocês experimentem, por que não sei se só prá mim… mas jogar poker é VICIANTE!

Muito bom, ainda mais quanda gente se reúne com mais amigos que também gostam e sabem jogar… é MARA!

Sem contar que quando eu jogo, a gente sempre faz cada fixinha valendo R$ 0,10, então dá até uma emoção quando a gente ganha!! hiuhauiahiua 😀

Então vamos às regras do POKER…

O poker é geralmente jogado com 52 cartas. Os quatro naipes com suas respectivas treze cartas.
Os naipes possuem valor igual, não existe nenhuma superioridade de um naipe sobre os outros.

No poker o único critério de desempate é o valor mais alto das cartas.

Existem varias MODALIDADES de poker, porém todas seguem um formato básico:

    • Não há no poker um número certo de jogadores, mas tem de haver pelo menos 2 jogadores, e é aconselhável no máximo 9 ou 10 jogadores por mesa
    • Os jogadores contribuem com a mesa (pote/prêmio/pingo) podem ser fichas ou R$
    • O DEALER: Existe uma ficha que marca a posição do dealer na mesa. A ficha roda no sentido dos ponteiros do relógio no final de cada mão. O Dealer é quem dá as cartas
    • São distribuidas 02 cartas para cada jogador
    • Cada jogador joga por si e contra todos, não existem parcerias
    • AS BLINDS: As blinds são apostas feitas antes de qualquer jogador ver as suas cartas. A pessoa à esquerda do dealer tem que apostar a small blind (metade da big blind). A pessoa à sua esquerda tem que apostar a big blind. Os valores das blinds variam de mesa para mesa. Geralmente sendo SMALL BLIND = 1 ficha e a BIG BLIND = 2 fichas.
    • Então após definir os jogadores que são as BLINDS, são feitas rodadas de apostas e essas apostas cada jogador faz com base na força de suas cartas ou habilidade de jogar na mesa (por ex. para blefar que tem um jogo muito bom, tu aposta bastante fichas mesmo que o teu jogo estado ruim, fazendo assim com que os outros jogadores pensem que teu jogo tá ótimo)
    • Após feitas as apostas do jogador que foi o SMAL BLIND e do jogador que foi o BIG BLIND da rodada, para continuar na mesa cada jogador tem que fazer a mesma aposta, caso não queira fazer a mesma aposta, o jogador sai desta partida e só retorna na próxima
    • Apostas feitas,  são viradas as primeiras 03 cartas da mesa
    • Agora os jogadores analisam as cartas da mão e as da mesa, e decidem se vale a pena continuar na partida ou sair, se continuar, ele terá que acompanhar as apostas que forem feitas pelos demais jogadores (se algum jogador apostar mais X fichas, os que quiserem ficar na partida têm de apostar o mesmo)
    • Após feitas a 2ª rodada de apostas, será virada a 4ª carta da mesa
    • Novamente os jogadores analisam suas mãos e as cartas da mesa, sempre do mesmo modo, que para continuar ma mesa, devem acompanhar as apostas, ou sair da partida
    • Por fim, depois da 3ª rodada de apostas, será virada a 5ª e última carta da mesa, agora os jogadores sabem quais são as opções de jogo e podem fazer suas apostas baseados no que tem na mesa e na mão… ou blefando que estão com jogo bom, ou realmente estando com alguma combinação boa
    • Enfim é hora dos jogadores que restaram na mesa fazerem as últimas apostas (se quiserem) e então mostrarem suas cartas e combinações, e vencerá a partida o jogador que tiver a combinação mais valiosa da mesa. Veja abaixo o valor de cada carta e cada combinação.

Para jogar Poker, é importante você dominar muito bem o RANKING das mãos. Ou seja, o combinação das cartas que você tem na mão com as cartas que estão na mesa.

Em resumo as mãos do poker consiste na combinação de cinco cartas. As mãos são classificadas em categorias como: Flush, trinca , dois pares, sequências, quadras, pares simples ou mesmo a carta mais alta.

O objetivo do jogo é sempre o mesmo:

Cada um dos jogadores tenta formar uma combinação de cartas mais valiosa possível.

As cartas são valorizadas pela seguinte ordem:

Estão em ordem da combinação mais alta para a mais baixa:

  • 1. Royal flush : As cinco cartas de maior valor do mesmo naipe em seqüência.


  • 2. Straight Flush : Cinco cartas do mesmo naipe em seqüência.

  • 3. Quadra: Quatro cartas do mesmo valor (por exemplo, 4 Reis), com uma carta diferente.

  • 4. Full House : Uma trinca com cartas de mesmo valor e um par. exemplo uma trinca de Damas e um par de Dois, que vale mais do que uma trinca de Valete e um par de Áses por que a trinca conta primeiro.

  • 5. Flush : Cinco cartas do mesmo naipe, sem seqüência. (Se as cartas estão em seqüência, você têm um Straight Flush(2)).

  • 6. Straight : Cinco cartas em seqüência de naipes variados. O Ás pode ser a carta alta (ao lado do Rei) ou a carta baixa (ao lado do Dois) mas não as duas ao mesmo tempo.

  • 7. Trinca : Três cartas de valor igual, com duas diferentes.(Se as outras duas fizerem um par, você teria uma Full House (4)).

  • 8. Dois Pares : Qualquer par de um mesmo valor, mais outro par de valor diferente. Se dois jogadores tiverem um par alto de mesmo valor, o valor do segundo par decide o vencedor. Se os dois pares são iguais, ganha quem tiver a quinta carta mais alta.

  • 9. Par : Duas cartas do mesmo valor. Quando dois jogadores tiverem o mesmo par, o valor das outras cartas decidirá o vencedor.

  • 10. Carta Alta : Se nenhum jogador têm mão de valor, vence quem tiver a carta mais alta.

  • Obs: Nenhum par: é o pior jogo que se pode ter, as cinco cartas são completamente diferentes não sendo possível fazer nenhuma combinação entre elas, portanto essa situação será descidida pela CARTA ALTA.

E PRONTO, GENTE!!! Só jogar!

Agora é só vocês combinarem com a galera, irem no super comprar algumas coisinhas boas de aperitivar, pegar vinho branco suave (hehehe tuudo bem, ou qualquer outro nééé), comprar lenha prá lareira e deu……. 🙂 Aí é só ir prá casa jogar!

BOA SORTE PRA TODOS E FAÇAM O FAVOR NÉ…

SÓ INVENTEM DE APOSTAR À DIMDIM SE FOR BAIXINHO E PRINCIPALMENTE DEPOIS DE ENTENDER DIREITINHO O FUNCIONAMENTO DO POKER! 😉

Bjim Bjim e até o próximo post!

Anúncios

Posso falar um pouquinho sobre Futebol?

14 Jan

Posso né…?! 🙂

Já comentei sobre minhas maiores paixões na Categoria “Sobre mim”, onde descrevo-as e também onde falei sobre o meu time do ♥.

Pois vim aqui agora, por que hoje ví uma matéria falando do Brasil de Pelotas, no orkut da minha irmã, que eu fiquei emocionada. Sabe quando a gente tá lendo um texto, e às vezes se arrepia? Pois é.  Por isso quis colocar este texto aqui, prá mostrar prá mais pessoas, o que é realmente um amor por um time, e não por seus títulos.

Eu ODEIO quando algum idiota (geralmente guri né, por que sãoo sempre eles que vem achacar, quando torcem pro outro time aqui de Pelotas/RS) vêem falar mal do xavante, ou dizer que o xavante não ganhou isso, ou aquilo, ou aquele outro… isso me irrita tanto! 😡

E eu sempre respondo com a mesma cara de cú prá pessoa que: – eu não sou xavante por ele ser um time forte, por ele ter muitos títulos, por ganhar vários campeonatos, nem nada disso… então não enche o saco, por que independente dele ganhar ou  perder o que quer que seja, eu vou continuar sendo xavante.

Assim, bem grossa mesmo! Que é pra ver se a pessoa se toca, e não fica encheeeendo o saco falando de futebol, ou enumerando os títulos que o meu time tem ou deixa de ter, como se fosse me mostrar que realmente não vale a pena torcer por este time, por que sinceramente, não esse o motivo que me faz torcer por ele!

Então, vou tentar parar de escrever ensandecidamente sobre isso, para poder colocar aqui a reportágem, tá?! 🙂

Não sei se para quem não  é Xavante, esse texto causará alguma comoção… mas com certeza ABSOLUTA, que for, vai ter o mesmo sentimento que eu tive ao lê-lo.

Esse texto demonstra fielmente o sentimento que os torcedores do Brasil de Pelotas nutrem pelo clube, pelo time, mesmo sem ter assim, grandes conquistas no currículo.

Especialmente nestes últimos anos em que o Brasil mergulhou em alguns episódios de profunda repercussão e sofrimento. O texto, foi enviado pela repórter Alice Bastos Neves, pelotense e xavante de carteirinha e faz parte do movimento Onda Xavante, que mobiliza torcedores do Brasil pela internet. Segue o texto, um desabafo:

“Saudações Xavantes.

Ser XAVANTE é uma grande benção. Querer ser XAVANTE e ainda ser campeão, é pedir demais. Ninguém merece tanto.

Ouvi isso neste final de semana. Achei sensacional. É o que penso. Não estou nem aí se somos campeões ou não. Sou XAVANTE, ponto.

Já cruzei o Cabo da Boa Esperança (e da ruim também) e nunca gritei “É Campeão!”. Pelo menos, não um título importante.

E não estou nem aí. Continuo Xavante igual. Feliz por sê-lo.
E depois de mim, muitos outros vieram. Inclusive meu filho, nascido e residente em Porto Alegre durante toda a sua vida.
Sabe o que ele me disse domingo depois do jogo? Não estou nem aí, o bom é ser XAVANTE.

Não é verdade que diminuímos. A cada ano que passa somos mais e melhores. No meu tempo de guri era difícil se encontrar quem fosse só Xavante. No meu bairro todos eram Xavantes (uma minoria era …, deixa para lá) e grenal. Sempre foi assim. Isto sem falar nos Flamenguistas, Fluminenses, Vascaínos, Santistas, etc …

Acho até que hoje em dia existem muito mais só Xavante que antigamente. E é até bom que não aconteça de sermos campeões. Ficaríamos insuportáveis. 🙂

Pelotense já é soberbo por natureza. Mais cheio que intestino de velho com prisão de ventre. Se for XAVANTE, então, se acha o cara. Imagina ser pelotense, XAVANTE e ainda campeão! O mundo nunca mais seria o mesmo.

Haveria uma nova era. AX e DX. Antes do XAVANTE campeão e Depois do XAVANTE campeão.
É melhor não. Deixa assim. A humanidade não está preparada.

Se a minha preocupação fosse ser campeão, eu torceria para o São Paulo, Barcelona, Inter de Milão …

O que eu gosto é de sentir a alegria na arquibancada, é o “tem que olhar, para aprender …”, ouvir os treme-terras fazendo a chamada, é ver a cara de inveja dos adversários, o cheiro da maconha, a cachaça, a excursão, a chegada no estádio, o acreditar que dá, a expectativa, a ansiedade, a angústia, os jantares da Onda Xavante,a cara dos jogadores ao saírem do vestiário e se depararem com o “BEM VINDO AO INFERNO“…

Enfim, os pequenos detalhes que nos fazem únicos, que geram emoção.

Dos outros, não tenho inveja de seus títulos, tenho pena por terem uma alma tão desnutrida de paixão, por terem sentimentos tão pobres. Somos mais raça. somos mais garra. E isso não tem título que pague.

Eu sou XAVANTE”.

Ivan Holsbach Schuster

 

Sim, é a minha mão, perceberam as turtles? =)

Lindo.

Que texto… vou mimbóra trabalhar.
 
Confesso, ainda estou arrepiada…😉
 
Resumindo: tenho muito mais certeza, sou 100% xavante, de corpo, alma e ♥.
 
Bjim gurias e gurizes
%d bloggers like this: